© 2017 Criado por MM Digital

A maior parte dos vinhos tintos Casa de Sabicos estagiam em barricas de carvalho francês ou nacional (de 6 a 18 meses) e em garrafa (por tempo variável, que pode ser vários anos) em câmara climatizada com temperatura constante.

 

As castas são as tradicionais na família e nos vinhos Alentejanos. As principais tintas são Trincadeira, Aragonez, Alfrocheiro, Castelão, Alicante Bouschet e Touriga Nacional. As brancas são Arinto, Antão Vaz, Fernão Pires e Síria.

 

Nas últimas vinhas plantadas foram também introduzidas castas ditas internacionais como Cabernet Sauvignon e Syrah (uvas tintas) e Chardonnay (uvas brancas).

 

Alguns vinhos Casa de Sabicos são produzidos  em muito pequenas quantidades, quando e apenas em anos de maturação absolutamente excepcional. É exemplo disso o Avó Sabica, até hoje apenas comercializada a produção de 2004 e 2011.  

 

Joaquim Madeira, bisneto da Avó Sabica, é o enólogo da Casa de Sabicos e simultaneamente o responsável pelos projectos de implantação das vinhas e pela sua condução. A sua experiência ímpar nas áreas da viticultura e enologia imprime aos vinhos Casa de Sabicos características marcantes e diferenciadoras. A sabedoria acumulada ao longo dos anos, associada a rigorosos níveis de controlo ao longo da elaboração do vinho, contribui para a produção de vinhos únicos e de elevada qualidade.